TODOS OS PODERES DO MAMÃO: SAIBA COMO USAR ESTA FANTÁSTICA FRUTA PARA COMBATER MAIS DE 40 DOENÇAS - Lá na Roça

Thumb TODOS OS PODERES DO MAMÃO: SAIBA COMO USAR ESTA FANTÁSTICA FRUTA PARA COMBATER MAIS DE 40 DOENÇAS

TODOS OS PODERES DO MAMÃO: SAIBA COMO USAR ESTA FANTÁSTICA FRUTA PARA COMBATER MAIS DE 40 DOENÇAS

Resumo do post:

Uma das frutas mais benéficas para a nossa saúde. É assim que podemos definir  o mamão. Entre outros nutrientes, o mamão é rico em papaína, uma enzima muito útil nos casos de dificuldade de digerir alimentos. O mamão maduro é digestivo, diurético, emoliente, laxante, refrescante. O Bureau of Plant Industry, do Departamento de Agricultura dos […]

Uma das frutas mais benéficas para a nossa saúde.

É assim que podemos definir  o mamão.

Entre outros nutrientes, o mamão é rico em papaína, uma enzima muito útil nos casos de dificuldade de digerir alimentos.

O mamão maduro é digestivo, diurético, emoliente, laxante, refrescante.

O Bureau of Plant Industry, do Departamento de Agricultura dos Estado Unidos, publicou:  “O mamão possui peculiares e valiosas propriedades digestivas que o tornam de grande valor na dieta. O mamão maduro, esfregado sobre a pele, ajuda a eliminar as manchas, suaviza a cútis áspera e evita as rugas produzidas pela idade. As mulheres nativas consideravam o suco de mamão como seu melhor cosmético.”

Os benefícios do mamão

Flores do Mamoeiro Macho: As flores têm grande aplicação como remédio para combater a rouquidão, a tosse, a bronquite, a traqueíte, a laringite.

Coloca-se um punhado de flores, com um pouco de mel, numa panela ou vasilha resistente à água fervente.

Deita-se por cima um copo de água a ferver.

Tampa-se bem.

Deixa-se esfriar.

Toma-se às colheradas, de hora em hora.

Sementes: Muitos sabem que a semente do mamão é um bom vermífugo, mas ignoram que ela tem igualmente outras aplicações na medicina doméstica.

Afirma-se que as sementes comidas em certa quantidade são recomendadas contra o câncer e  proveitosas contra a tuberculose.
Umas 10 ou 15 sementes frescas, bem mastigadas, favorecem eficazmente a excreção da bile, atuam contra as enfermidades do fígado e limpam o estômago.

As sementes secas e moídas, em cozimento, constituem um bom carminativo, um magnífico emenagogo e um vermífugo de primeira ordem.

Contra os vermes intestinais, emprega-se, de uma só vez, uma colherinha ou mais de sementes moídas, misturadas com mel de abelha.

Repete-se a dose duas ou três vezes por dia.

Raízes: As raízes do mamoeiro, em decocção, são um tônico para os nervos e um remédio para as hemorragias renais.

Também combatem vermes.

Cozinha-se um punhado em uma ou duas xícaras de água, adoça-se com mel, e toma-se durante o dia.

Folhas: As folhas do mamoeiro têm aplicação no preparo de um chá digestivo, que pode ser dado livremente às crianças.

Nos Estados Unidos, as folhas verdes do mamoeiro costumam ser secadas e reduzidas a pó e empregadas na confecção de remédios digestivos.

O suco leitoso extraído das folhas oferece excelentes propriedades vermífugas e tem também utilidades terapêuticas como digestivo e vulner.

Em diversos lugares, os nativos o usam para tratar eczemas, verrugas, úlceras, chagas.

Valor Alimentício

O mamão, quando maduro, é uma fruta saborosa e nutritiva.

O fruto maduro contém doses apreciáveis de papaínas e possui boas qualidades digestivas.

O mamão é um alimento aperiente e ideal para o desjejum, pois contribui para satisfazer as exigências nutricionais do organismo, de manhã, e “limpa” o aparelho digestivo.

Auxilia, além disso, na manutenção do equilíbrio ácido-alcalino do corpo e, nesta sua função, supera o melão, que é considerado um dos melhores álcali-formadores.

O mamão presta-se para admiráveis combinações com outras frutas – figos, ameixas, uvas – frescas ou secas, podendo ser comido ao natural ou com mel.

Quando o mamão não é muito doce, ou mesmo, quando é pronunciadamente amargo, não é necessário desprezá-lo; pode-se aproveitá-lo para batê-lo liquidificador, em mistura com outras frutas e um pouco de mel, no preparo de uma saudável vitamina.

O mamão não deve faltar na alimentação diária das crianças, pois lhes é muito benéfico para a saúde e lhes favorece o crescimento.

Na confecção de doces, geleias, compotas, xaropes, ou outras guloseimas, o mamão perde grande parte dos seus sais, das suas vitaminas e das suas propriedades, pelo que se deve comê-lo, sempre que possível, cru.

O centro meduloso do tronco do mamoeiro, raspado e secado, é uma guloseima semelhante ao coco ralado.Possui boas propriedades nutritivas.

Em alguns lugares é aproveitado no preparo de rapaduras.

O mamão é rico em vitaminas e minerais, tendo cota generosa de vitamina A (pró-vitamina), vitaminas do complexo B e rico teor de vitamina C.

Para aumentar o aproveitamento do ferro numa refeição, pode-se comer pão preto (integral de gergelim) com boa quantidade de mamão.

Resumo das propriedades medicinais

Acidose: Fazer refeições só de mamão. Mastigar algumas sementes.

Anginas: Cataplasma local com a polpa do mamão miúdo e ácido.

Asma: Proceder como indicado em diurese.

Bronquite: Proceder como indicado em rouquidão ou em gripe.

Calos: Aplicar no local o “leite” do mamão, de preferência o “leite” das folhas.

Câncer: Comer em jejum, mastigando, 15 sementes de mamão. Após as refeições, comer cerca de 10 sementes. E são necessários outros cuidados específicos.

Chagas: Proceder como indicado em feridas.

Constipação intestinal: Ver laxante.

Difteria: Além dos cuidados médicos indispensáveis, pingar na garganta, frequentemente, gotas do látex diluído em um pouco de água; gargarejar com esse líquido.

Distúrbios da Digestão: Proceder como indicado em estômago.

Dispepsia: Proceder como indicado em estômago.

Diurese: Recomenda-se fazer refeições exclusivas de mamão ou de suco de mamão. Comer, juntamente, algumas sementes.

Eczemas: Proceder como indicado em feridas.

Eructações: Ver flatulência.

Estômago: Recomenda-se usar mamão maduro em abundância e fazer, esporadicamente, refeições exclusivas desta fruta. Mastigar umas 10 ou 15 sementes de mamão por dia.

Feridas: Aplicar no local o “leite” extraído das folhas.

Doenças do Fígado: Mastigas umas 10 ou 15 sementes de mamão após o almoço.

Flatulência: Proceder como indicado em estômago. Depois de secas, moer as sementes. Preparar um decocto com o pó, filtrar, e tomar morno meia xícara após as refeições.

Gastrite: Ver estômago.

Gripe: Infusão das flores do mamoeiro-macho com um pouco de mel. Tomar 2 a 3 xícaras por dia, mornas.

Icterícia: Proceder como indicado em diurese.

Inchações dos pés: Ver pés.

Influenza: Ver gripe.

Desordens do Intestino: Proceder como indicado em estômago.

Laringite: Proceder como indicado em rouquidão.

Laxante: Fazer refeições exclusivas de mamão, de preferência no desjejum. Comer, juntamente, algumas sementes.

Nervos/ estresse: Picar a raiz do mamoeiro e cozinhar. Tomar duas ou três vezes ao dia.

Para a beleza, ou manchas e rugas da pele: Massagear diariamente a pele com mamão maduro.

Inchações e inflamações dos Pés: Secar a polpa em um desidratador ou forno. Aplicar, pulverizado e misturado em um pouco de água e sal, na forma de cataplasma, sobre o local.

Prisão de ventre: Proceder como indicado em laxante.

Doenças respiratórias: Proceder como indicado em tosse.

Reumatismo: Secar a polpa em um desidratador ou forno. Pulverizar e preparar um decoto com esse pó. Filtrar e tomar 3 a 4 vezes por dia.

Rouquidão: Infuso das flores com um pouco de mel. Tomar uma colher de sopa de hora em hora.

Tosse: Picar bem o mamão, misturar com um pouco de mel, levar ao forno. Tomar o xarope que se forma cada vez que a tosse se manifestar. Proceder também como indicado em rouquidão ou em gripe.

Traqueíte: Proceder como indicado em rouquidão.

Tuberculose: Proceder como indicado em tosse. Comer regularmente após o almoço umas dez sementes de mamão.

Úlceras: Proceder como indicado em feridas.

Verminoses: Dissolver 15 gramas (ou uma e meia colher de sopa do suco leitoso do mamão (látex ou “leite”) em meia xícara de água adoçada com mel.

O “leite” extraído das folhas é melhor.

Meia hora depois, tomar purgante de óleo de rícino com suco de limão.

Ou moer as sementes secas, preparar um chá com este pó e tomar meia xícara em jejum.

Ou misturar as sementes pulverizadas com mel de abelhas e tomar três colheres de sopa ao dia.

Ou preparar um decocto das raízes do mamoeiro, adoçar com mel e tomar três xícaras por dia.

Ou tomar o chá das folhas do mamoeiro.

Pode-se experimentar cada um desses procedimentos alternadamente.

Verrugas: Proceder como indicado em calos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

fonte-http://www.curapelanatureza.com.br/

Envie um comentário :

Outros Posts da Lá na Roça:

  • APRENDA A CULTIVAR MORANGO EM SUA CASA

    Thumb APRENDA A CULTIVAR MORANGO EM SUA CASA

    Como Plantar Morango O morangueiro é uma planta perene de vida curta que atinge geralmente de 10 a 30 cm de altura. Suas folhas são trifoliadas, isto é, cada folha apresenta três folíolos, como um trevo, e também são comestíveis, especialmente quando as folhas são mais jovens. A planta inteira pode ser usada para fins […]

  • Flan de iogurte e panetone

    Thumb Flan de iogurte e panetone

    Flan de iogurte e panetone INGREDIENTES 1 envelope de 12g de gelatina em pó sem sabor 1/2 xícara (chá) de água fria 2 potes de iogurte natural integral 1 lata de creme de leite 1/2 xícara (chá) de açúcar 1 colher (sopa) de rum 1 panetone de frutas picado 1/2 xícara (chá) de geleia de […]

  • O que precisamos saber sobre o Ebola?

    Thumb O que precisamos saber sobre o Ebola?

    O que precisamos saber sobre o Ebola? Nos últimos dias, a maioria das pessoas já ouviu falar de uma doença chamada Ebola, mas sabemos também que essa doença existe há anos, sendo que no ano de 1976, durante uma epidemia mortal, detectou-se o vírus Ebola. Se você ainda não obteve informações precisas sobre essa doença conhecida como […]